in

Esse é o vídeo mais emocionante que você irá assistir hoje em combate ao racismo

Publicidade

Foi Ayn Rand quem definiu o racismo como a forma mais grotesca de coletivismo.

“O racismo é a forma mais baixa e mais cruelmente primitiva de coletivismo. É a noção de atribuir significado moral, social ou político à linhagem genética de um homem – é a noção de que os traços caracterizadores e intelectuais de um homem são produzidos e transmitidos por sua química corporal interna. O que quer dizer, na prática, que um homem deve ser julgado, não por sua índole ou ações, mas pelas índoles e ações de um coletivo de antepassados.”

Para combater essa estúpida ideia que divide as pessoas em categorias independentemente de quem elas sejam e do que elas façam, o site lituânio svetimageda.lt lançou uma campanha em vídeo. Nela, um homem negro em uma sala de espera de um suposto teste de seleção de atores, pede para que o ilustre desconhecido sentado ao seu lado traduza uma mensagem em lituânio que ele recebeu em seu Facebook.

O homem, que diz não dominar o idioma local por ter chegado no país há poucas semanas, é na verdade um ator. As reações às mensagens racistas são as mais diversas possíveis.

Como diz a descrição do vídeo:

“Esta é uma experiência em vídeo dedicada a promover o nosso website recém-lançado www.svetimageda.lt. O site é um “manual” digital, cheio de conselhos sobre como todos nós podemos reagir a racismo, homofobia, outro tipo de bullying, abuso e discurso de ódio online, nos meios de comunicação, nas ruas, nas escolas, trabalho, etc”.

No Dia Internacional contra a Discriminação Racial, celebrado no dia 21 de março em referência ao Massacre de Sharpeville, que aconteceu na África do Sul em 1960, esse é o vídeo mais emocionante que você irá assistir em combate ao racismo.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…